Blog

Puts, derrubei na água

A utilização de aparelhos celulares a todo momento é muito comum, por ser meio de comunicação, mas também por registrar os momentos importantes de cada um. No entanto, se trata de um equipamento eletrônico que, como qualquer outro, em contato com a umidade pode apresentar defeitos.

Com relação a água, é comum que as pessoas derrubem o seus smartphones e então os defeitos começam a aparecer. O que não se percebe é que o manuseio com as mãos molhadas, a utilização do mesmo em bolsos úmidos ou até mesmo a exposição a vapor podem, a longo prazo, causar panes também.

Ao molhar um equipamento eletrônico, que vai muito além do celular, como tablets, rádios, televisões, computadores/notebooks, não se deve tentar secá-los, com ar quente ou no sol, não se deve tentar ligar ele ou colocar carregar, no caso dele ainda permanecer ligado o procedimento mais correto é desligá-lo e remover a bateria quando possível.

Um erro muito comum as pessoas é a tentativa de secagem, secador, sol e arroz não resolvem, muitas vezes até pioram a situação do aparelho. O calor junto a umidade pode acabar oxidando seus componentes comprometendo o funcionamento.

Quando molhado e submetido aos processos contraindicados o atc pode apresentar defeito em qualquer parte do seu hardware, sendo mais superficial ou bastante complexo, dependendo do tempo que permanece molhado.

É bastante comum, quando tomado o devido cuidado com as contraindicações, que os defeitos sejam um pouco mais simples, danificando periféricos como microfone, alto falante, conector de carga entre outro. Mas quando não tomado o devido cuidado pode-se enfrentar problemas mais graves, com capacitores, componentes da placa do equipamento.

Por esses motivos é essencial buscar o quanto antes uma assistência técnica especializada para que o banho químico elimine qualquer chance de danos posteriores.